Crítica de cinema - Gosto Se Discute (2017)



País: Brasil
Data de lançamento: 09 de novembro de 2017
Classificação: 12 anos
Duração: 1h30min.
Direção: André Pellenz
Elenco: Cassio Gabus Mendes, Kéfera Buchmann, Gabriel Godoy, Paulo Miklos, Robson Nunes, Rodrigo Lopez, Ronaldo Reis, Sílvia Lourenço e Zéu Britto
Produtor: Lara Guaranys, Marcelo Monteiro e Marcus Baldini
Roterista: André Pellenz
Gênero: Comédia Romântica
Distribuidora: Imagem Filmes

Sinopse: Augusto (Cassio Gabus Mendes) é o famoso chef de um restaurante que já viveu dias de glória e agora precisa lidar com a decadência, enfrentando até a concorrência de um “food truck” recém-instalado do outro lado da rua. Para piorar, um banco, sócio do restaurante, envia uma auditora, Cristina (Kéfera Buchmann), que quer promover uma verdadeira revolução no local. Desafiado, o chef tem que provar que ainda está em forma, mas acaba perdendo o paladar justamente na hora que precisa criar o novo cardápio. 


De forma geral, Cristina chega cheia de autoridade, pois foi enviada pelo banco para fazer com que o restaurante de Augusto se reinventasse e se reerguesse, pois está sofrendo muito com a concorrência do "food truck". Para Augusto, é inadmissível que um "carro que vende comidas" esteja fazendo algum sucesso, e que isso com certeza é algo passageiro.

Aos poucos Augusto percebe que precisa ceder às propostas e sugestões de Cristina, como por exemplo fazer uma atualização no cardápio, que está obsoleto(*). Justamente neste momento, Augusto percebe está perdendo o paladar e após algumas consultas médicas é diagnosticado com um transtorno. 

No início a relação entre Augusto e Cristina é insustentável, mas aos poucos eles se dão conta de que precisam unir forças para fazer o projeto dar certo. Com essa aproximação dos dois, o amor pode acontecer.

Como sou extremamente fã da Kéfera e também do ator Cassio Gabus Mendes, fui assistir ao filme na pré-estreia que teve no dia 04 de novembro, no UCI do Norte Shopping/RJ. A história tem uma premissa interessante, mas que não foi muito bem sustentada no decorrer do filme. Faltaram cenas para manter o ponto alto. 

O filme é repleto de momentos dentro da cozinha do restaurante de Augusto, com a exibição de diversos pratos rebuscados, uma verdadeira orgia gastronômica. Isso é empolgante no começo pois deixa o conteúdo visual do filme mais atraente, mas chega a um ponto em que fica cansativo ver tanta comida o tempo todo.

Sobre o elenco, eu só tenho elogios a fazer, todos são simplesmente incríveis e é uma delícia ver a Kéfera se revelando cada vez mais uma boa atriz. Inclusive na pré-estreia ela esteve presente e eu vou postar aqui alguns pequenos vídeos em que ela conta algumas novidades sobre o seu próximo filme, em que interpretará uma cantora. Isso mesmo. Você não leu errado. Kéfera ainda irá nos surpreender muito! Ela manifestou ainda a sua vontade de que o livro Querido Dane-se pudesse se tornar um filme. E é claro que os kélovers estão torcendo muito por isso.













(*)Quem se mete a ouvir conversa dos outros, muitas vezes escuta o que não quer, diz o ditado, e na comédia “Gosto se Discute” não é diferente. Em cena recém-divulgada do novo filme de André Pellenz, a auditora Cristina (Kéfera Buchmann) - enviada por um banco para impedir que o restaurante de Augusto (Cassio Gabus Mendes) vá à falência - distribui “secretamente” microfones pelas plantas que enfeitam as mesas. O objetivo é descobrir o que os clientes dizem sobre os pratos, e o resultado não é muito animador. 

Para assistir à cena, clique em youtu.be/wjfIwwgY_1I

Assista ao trailer oficial: https://goo.gl/pS4fFe

Crítica por Bruna Brezolini

Nenhum comentário