Resenha - Pá de Cal


Autor(a): Gustavo Ávila
Editora: Publicação independente
Páginas: 40    
Ano de Lançamento: 2015
Gênero: Mistério, Suspense

Sinopse: Seis pessoas acordam sem memória em uma vila. Cada uma delas em uma casa, no interior de uma estranha floresta artificial. Em cada casa há uma caixa trancada por seis fechaduras e uma carta, com uma das chaves e um bilhete que diz:

"Suas lembranças estão no interior desta caixa. Para abri-la você terá que reunir as chaves das outras cinco pessoas que estão na vila. Se uma pessoa reunir as seis chaves e abrir a caixa, um sistema irá destruir automaticamente o interior das outras cinco. Somente um poderá se lembrar quem é. Boa sorte."

Descubra por que as seis pessoas estão nessa misteriosa vila. Quem conseguirá recuperar sua memória. Como ela fará isso. E, principalmente, a que custo.

Enquanto esperava a impressão do livro O Sorriso da Hiena, ainda de forma independente, ficar pronta, Gustavo Ávila escreveu esse conto sensacional onde aborda os limites da mente humana e a capacidade de sobrevivência de seis indivíduos.

“Não sabemos quem somos. Já estamos em desvantagem desde que acordamos.”

O que você faria se todas as suas lembranças estivessem trancadas dentro de uma caixa e o único modo de abri-la seria pegando as chaves das pessoas que têm o mesmo objetivo?

Pá de Cal é um conto bem a cara do Gustavo: rápido, fluido, leve, porém recheado de mistério e suspense, onde os indivíduos sequer têm nome, não sabem de onde vieram, nem como ou por que chegaram ali. Não há regras, não há limites, não há certo ou errado. Um deles tem que sobreviver.

“A responsabilidade pela sua escolha é somente sua, não importa o que aconteça ou o que as outras pessoas façam.”

Onde encontro para comprar?


Resenhista colaboradora Laila Oliveira


Nenhum comentário