Resenha - Mais lindo que a lua - Editora Arqueiro


Título Original: Everything and the Moon
Autor(a): Julia Quinn
Tradutor(a): Viviane Diniz
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Ano de Lançamento: 2018
Gênero: Romance de Época

Sinopse: Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor. Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças? Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?

Leve, divertido, um bálsamo para a alma depois de três leituras bastante difíceis: duas sobre os horrores da Segunda Guerra Mundial e uma ficção policial em que não se salva quase ninguém.

Julia Quinn é um amorzinho. E, embora seja um livro agradável, não tem tanto enredo quanto a Série Bridgertons (as comparações são inevitáveis, sei que estou sendo repetitiva, mas a verdade é a verdade).

No entanto, é um livro bom e rápido de ler, para nos deixar felizes e sem grandes preocupações.

Nós precisamos disso. Precisamos de obras que nos façam sonhar, que não nos angustiem, que alimentem nossa esperança e fé no amor.

É uma obra despretensiosa e, mesmo se considerarmos algumas cenas pouco críveis, consegue deixar um sorriso em nossos rostos. Aliás, gargalhadas, tamanho o inusitado de algumas situações.

Aquele livro para ser saboreado com uma xícara de chocolate quente em uma tarde chuvosa enrolada no cobertor.

Onde encontro para comprar?


Resenhista colaboradora Rita de Cássia


Nenhum comentário